Jo 1,39

"Vinde e vede"."

Mc 16,15

"Ide pelo mundo e pregai a Boa Nova a toda criatura...."."

Comboni

"Se eu tivesse mil vidas, as daria todas para a missão..."."

Comboni

"O primeiro amor da minha juventude foi para a África"

Papa Francisco

"A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus"


Com fé desperta para a Missão

Por Irmã Suelyn Smiguel 

Irmã Suelyn com violão

        A minha Missão em Portugal  é na pastoral juvenil: estar com os jovens, conhecê-los, amá-los e ser testemunha de Cristo confiando que a Graça de Deus atua sempre: a nossa parte é semear. O que fazemos? Em colaboração com toda a família comboniana,  acompanhamos os jovens do Movimento JIM (Jovens em Missão), que são grupos de jovens paroquiais, aos quais ajudamos na sua formação missionária e partilhamos a nossa espiritualidade comboniana, para que sejam cada vez mais ativos em suas paróquias. No JIM, formamos uma equipe em que visitamos e acompanhamos estes grupos de jovens. Preparamos encontros, retiros, acampamentos de verão, a peregrinação à Fátima (a pé) e muitas outras atividades que ajudam a crescermos em comunhão com Cristo e como Igreja missionária. Cada ano escolhemos um tema para que todo o Movimento JIM cresça em comunhão. Como estamos no Ano da Fé, o tema 2013 é: ” Com Fé desperta para a Missão”.
Procuro participar também nas reuniões da pastoral juvenil a nível diocesano, com o objetivo de conhecer mais, inserir-me, ser esta presença missionária e estar em contato com mais jovens, que anseiam e desejam encontrar-se com Deus e serem desafiados por Ele.
Irmã Suelyn animando o grupo

A realidade de Portugal não tem sido nada fácil, assim como em outros países europeus. A crise econÔmica se agrava cada vez mais. O desemprego, a falta de oportunidades aumenta a cada dia e isso tem obrigado muitas famílias e principalmente os jovens a emigrarem, por uma vida melhor.
O que vejo de mais comum nos jovens portugueses como consequência desta realidade, é a insegurança e o medo ao futuro. O que vejo e contemplo neles também, é a esperança e a atitude de perseverar. Uma fé que procuram viver no seu dia-a-dia, e esperam que nós também a testemunhemos com gestos concretos de acolhimento, amor e comunhão.
Sinto-me muito desafiada por eles a responder com mais amor e responsabilidade à minha vocação missionária comboniana.
Espero por mais jovens brasileiras e brasileiros para partilharem a sua fé em Cristo aqui em Portugal ou em qualquer outra parte do mundo, pois assim como nos diz Bento XVI: “a fé cresce quando é vivida como experiência de um amor recebido e é comunicada como experiência de graça e de alegria” Porta fidei 07

Venham fazer parte desta família comboniana, 
para que com fé despertemos tantas pessoas para a missão!
     

0 comentários


EM SOLIDARIEDADE! 
Por Irmã Sandra Amado

Irmã Sandra 2ª da direita com a equipe de "Solidariedade"
Viver em solidariedade é uma atitude e uma resposta! Já faz cinco anos que fui destinada para trabalhar na missão no Sul do Sudão. Sou Missionária Comboniana brasileira trabalhando na área da educação aqui neste país. Desde o começo do ano pertenço ao projeto “Solidarity with South Sudan.”  

O Sul do Sudão é o mais novo país no nordeste da África; antes fazia parte do Sudão. Mas o povo não estava contente sob o jugo de um governo muçulmano. Lutaram por mais de vinte anos para serem livres. Este ano em 9 de Julho comemoramos o primeiro ano de independência com muita festa e dança mas os desafios são grandes. Como em muitos outros países o petróleo no solo mais parece uma praga do que uma bênção! A educação é uma área muito afetada. 
O governo está dando alguns passos para melhorar o nível da educação do país com programas de treinamento para professores mas no momento parece nível zero! Então a Igreja como sempre na base procura de ajudar o povo a serem protagonistas de sua história de luta e liberdade já bem vivida.
A Conferência dos Bispos aqui pediu ajuda às congregações religiosas e missionárias para dar uma mão nas áreas da saúde formando enfermeiras qualificadas e na educação formando professores para as escolas primárias do país. Então estou colaborando com outras irmãs e irmãos nos programas de formação dos professores (as) no projeto Solidariedade com o Sul do Sudão.

Irmã Sandra com pescadores ...
Trabalho no projeto, numa das comunidades formadas de diferentes religiosos (as) e missionários (as) e leigos (as) vivendo juntos. Mas também estamos disponíveis a ir para outros centros espalhados pelo país. Na minha comunidade de base em Yambio somos seis e cada um de diferente país e congregação com um objetivo comum: capacitar os professores. É desafio mas também gratificação!
Estamos nos colégios de Yambio e Malakal mas também vamos em lugares precários, ensinando em barracas com teto de sapé, encontrando gente ávida de formação, caminhando mais de duas horas no sol quente para não perder as aulas! Mulheres e homens fortes apesar da pobreza. Gente dignas de todos os esforços possíveis.
Irmã Sandra com a equipe de "solidariedade"
Para mim, comboniana, vejo o nosso fundador S. Daniel Comboni muito feliz com esse projeto no Sul do Sudão, afinal ele sempre quis isso assim mesmo! Gente qualificada e de boa vontade, de diferentes países, leigos, missionários, religiosos trabalhando pela capacitação dos africanos.
Uma palavrinha aos jovens: tudo vale a pena quando a alma não é pequena! Vale a pena sim responder sem medo àquela vontade de algo mais. Algo que nem sabemos de onde vem ou o que é. É vontade de Deus em nós. É o Espírito de Deus soprando no coração! Vem que eu te chamo! Vai que eu te envio!

1 comentários

Da esquerda à direita as irmãs: Nilma, Giane, Maria e Chiara
"Senhor, nós somos o barro, tu és o oleiro" Is 64:8

Irmã Maria com Irmã Janete
“Aquietai-vos e sabei que Eu sou Deus…” PS 46:10
     
Ir. Maria A. Thedzi

Nos  dias 9 à 14 de janeiro, nós, as irmãs de votos temporários da província de Brasil, provenientes de 3 continentes: da África (Moçambique); da América  (Brasil) e da Europa (Itália);  tivemos encontro de formação e retiro na casa provincial – Vitoria - ES. No primeiro dia foi o retiro, mergulhamos na espiritualidade Comboniana e oração, orientada pela Irmã Nilma do Carmo de Jesus, a nossa provincial.
No segundo e terceiro dia tivemos encontro com o terapeuta holístico Kélvio Luiz Martins que nos ajudou com o tema: Relações interpessoais Auto-conhecimento e Comunicação. Foi  um momento de encontro consigo mesma. Com exercício de respiração, filmes, histórias e dinâmicas, cada irmã entrou no convívio de si mesma renovando e descobrindo a sua parte racional que vem da  pessoa  adulta e parte emocional que vem da criança interior que cada ser humano tem. Vivemos o auto-conhecimento respirando a vida no MOMENTO PRESENTE, buscando o Reino de Deus na definição da Psicologia Moderna que é o bem-estar, viver a felicidade, paz e amor que são pontos de partida da vida de todo o ser humano. A partilha de cada irmã ajudou a outra a descobrir as riquezas de vida que temos, o dom de Deus que nos ajuda a optar pelo bem. 
O quarto e o quinto dia foi a reflexão sobre a Identidade Comboniana e o sentido de Pertença à Congregação, com a ir. Janete Santos de Castro. Foi o momento da graça de Deus, ir às raízes da nossa Congregação a partir  do Fundador até nós. Identidade: Irmãs Missionárias Combonianas com o nosso estilo único de vida, uma oferta gratuita, dom de Deus. Vivemos a vida comunitária multi-intercultural, com características próprias da missão ad Gentes. O sentido de Pertença a Congregação: “Reavivar o dom de Deus que está em cada pessoa” (2Tm 1,6). Além de pertencermos a Deus e a nós mesmas, sentimo-nos parte da Congregação, de um grupo,  que consiste na partilha, modo de viver, pensar e atitudes, onde o “EU” se identifica com o “NÓS”.
Durante  estes cinco dias , as nossas irmãs nos ajudaram nas suas orações, principalmente, a sua dedicação ao serviço, o cuidado pelas outras, o viver como a vela que se consome para iluminar os outros. São como mães que cuidam dos seus filhos com carinho e atenção. São irmãs que vivem o tempo presente com a vida entregue nas mãos de Deus. Vivem no espírito de Comboni: “ O mais feliz dos meus dias será aquele em que puder dar a vida por vocês” e  “gostaria de ter mil vidas para a missão”. As nossas irmãs são figuras vivas que nos dão exemplo do discipulado de Cristo, com muita dedicação.
E você jovem, já descobriu a sua vocação? Está na hora, e é agora, de você buscar e encontrar a sua vocação. Venha nos conhecer.


1 comentários
 

Ir. Geny Maria da Silva

Av. Satrunino Rangel Mauro, 310 - Bairro Jardim da Penha

CEP 29060-770 – Vitória – ES

Fone: (27) 3227 – 0429

E-mail: vocacionadas@gmail.com