Jo 1,39

"Vinde e vede"."

Mc 16,15

"Ide pelo mundo e pregai a Boa Nova a toda criatura...."."

Comboni

"Se eu tivesse mil vidas, as daria todas para a missão..."."

Comboni

"O primeiro amor da minha juventude foi para a África"

Papa Francisco

"A Alegria do Evangelho enche o coração e a vida inteira daqueles que se encontram com Jesus"

CELEBRANDO 25 ANOS DE VIDA MISSIONÁRIA



Ir. Nilma do Carmo de Jesus
Celebrar 25 anos de vida missionária na Congregação das Irmãs Missionárias Combonianas é para mim, celebrar a vida dos povos com os quais vivi e partilhei a fé.

Trago à memória aqueles que encontrei na Itália, na Suíça, na República Central Africana, no Chade, na França, no Brasil enquanto experimento grande gratidão a Deus por ter-se feito presente ao longo dessa história.
Como visto, tem sido uma história marcada por diferentes culturas que me ajudaram a alargar horizontes ao diferente, desfrutando muitos momentos de alegria partilhada, quando das lutas pela terra junto aos povos Tupinikim e Guarani, em luta pela educação do povo Aka (pigmeus), na formação de catequistas e lideranças, mediante visitas às famílias e aos doentes, pela participação nos funerais, na dor de ver um país (República Central África) dividido pela guerra, tudo tocado pela paixão de evangelizar aqui e  além-fronteiras.
A missão foi o fio condutor de toda a minha vida, que não teria sentido se não fosse missionária. Sinto que a Palavra de Deus que me iluminou ao longo desses anos foi: “Ide pelo mundo, fazei que todos se tornem meus discípulos... e eu estarei contigo até o fim dos tempos” (Mt 28,18-20).
Com o coração repleto de alegria e gratidão posso dizer que a vida missionária é um presente de Deus e incentivo aos jovens no sentido de que ouçam o apelo de Deus que os chama para missão  - aqui e além fronteiras.
E como disse o papa Francisco: “Se a Igreja não é missionária, ela não é Igreja”.  Deixemo-nos  contagiar pela alegria de anunciar e testemunhar o Evangelho de Jesus aos povos que ainda não o conhecem. Vale a pena!

0 comentários

Venerável Serva de Deus


Com alegria recebemos a noticia no dia 12 de junho,  que o Papa Francisco autorizou a Congregação da causa dos santos , a promulgar o decreto  sobre a virtudes heroicas da serva de Deus Maria Giuseppa Scandola,  irmã missionária  comboniana.
  Ir. Giuseppa Scandola com mais quatro irmãs  constituem o primeiro grupo das missionárias combonianas (Pie Madri della Nigrizia) enviadas às Terras Centro-africanas, para contribuir à construção do Reino, naquele continente ainda desconhecido, realizando o carisma do fundador São Daniel Comboni.
Com este Decreto  Ir. Giuseppa  torna-se “Venerável Serva di Deus”, podendo assim ser proposta à devoção e à imitação dos fiéis.
Poderíamos nos perguntar, qual o significado  para nossos dias a apresentação de uma religiosa, missionária, de um outro século, como  modelo de vida cristã?
Primeiro porque é de suma importância colocar em relevo pessoas  que viveram   os valores cristãos de forma mais autêntica,, renunciando a tudo no seguimento de Jesus Cristo,  o único tesouro da sua vida.  Esta forma de vida é transcultural, transtemporal. Mesmo se o estado de vida, a maneira de seguir pode ser variada. Não importa em que tempo estas pessoas viveram, importa sim  que estas pessoas   tendo feito a experiência, tornam-se símbolos, modelos porque fizeram o caminho por primeiro, para sinalizar às outras das suas próprias possibilidades como também testemunhar daquilo que no contexto atual está sendo descartado, caindo em desuso, Também elas dizem a todos nós, em especial aos jovens, de que é possível ser diferente, sendo seguidores dos valores vividos pelo Mestre Jesus.
No arco dos 54 anos de existência, a venerável serva de Deus Giuseppa Scandola viveu intensamente a sua vocação cristã.   Através do testemunho de pessoas que com ela conviveram, como também pelos extratos de suas cartas, são colocadas em evidência a riqueza e a profundidade de sua vida interior,  os valores transcendentes que orientaram e deram sentido à sua breve existência, toda voltada para Deus, em torno de quem se movia, deixando configurar todo seu ser, Nele, por Ele e com Ele.
 Assim, a sua vida consagrada a Deus para a Missão poderá sempre aportar elementos a todos nós, como contribuição de uma irmã mais velha, que apresenta do seu tesouro, os valores autotranscendentes, elementos que serão sempre anúncio de uma boa notícia da novidade de Jesus Cristo, o Alfa e o Omega, Princípio e Fim único da realidade humana. Esta é a mensagem contracorrente para um mundo que quer calar esta verdade, mas que continua sedento de vida plena para toda a humanidade. 
Ir. Geny Maria da Silva



0 comentários
 

Ir. Geny Maria da Silva

Av. Satrunino Rangel Mauro, 310 - Bairro Jardim da Penha

CEP 29060-770 – Vitória – ES

Fone: (27) 3227 – 0429

E-mail: vocacionadas@gmail.com